COOPEAGRI DÁ INÍCIO AO RECEBIMENTO DE SOJA

 

O Brasil deve colher sua maior safra de soja da história. Segundo o acompanhamento da Companhia Nacional de Abastecimento – CONAB, no país foram plantados mais de 33 milhões de hectares da oleaginosa com perspectiva de colher em torno de 108 milhões de toneladas. No Rio Grande do Sul, conforme acompanhamento da EMATER, a soja ocupa mais de 5,4 milhões de hectares podendo colher mais de 16,7 milhões de toneladas, aproximadamente 15% da produção nacional.

Na região do Alto Jacuí, com o início da colheita, se confirma a projeção de uma excelente safra com possibilidade de produtividade maior ao do ano passado. Com área aproximada de 43 mil hectares e estimativa de produtividade média acima de 3 mil Kg, Ibirubá deve colher a sua maior safra de soja, podendo ultrapassar 2,5 milhões de sacas. Nesta perspectiva, a Coopeagri fez investimentos para aumentar o fluxo de grãos bem como melhorias na infraestrutura para agilizar o recebimento e prestar um bom serviço aos associados.

O trabalho iniciado pela equipe técnica em meados de 2016 auxiliando no planejamento da lavoura, posteriormente o fornecimento de insumos e acompanhamento do desenvolvimento da cultura com as devidas orientações técnicas em cada fase de crescimento da soja começa a dar seus resultados. Ontem, dia 14 de março, a soja do associado Leucir Guntzel foi a primeira a ser descarregada na Unidade da cooperativa em 2017. Ao ser questionado sobre a produtividade, o produtor afirma que esta primeira lavoura deve apresentar rendimento acima de 70 sacas por hectare.

Esta é a hora em que o trabalho da cooperativa apresenta o resultado esperado. Junto com o associado é hora de colher os frutos do esforço, dedicação e persistência com base na confiança mútua entre cooperativa e produtor. Assim como em 2016, a Coopeagri estará ao lado do associado recebendo a nova safra e, ao longo do ano, buscando o melhor preço a fim de recompensar o trabalho do associado.